Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bruxelas multa Microsoft em 561 milhões de euros

Lusa

  • 333

Bruxelas, 6 mar (Lusa) -- A Comissão Europeia anunciou hoje que impôs uma multa de 561 milhões de euros à Microsoft, devido ao facto de a empresa não permitir aos utilizadores a possibilidade de escolherem o navegador de Internet numa versão do Windows 7.

A 'Comissão Barroso' considera que a Microsoft não disponibilizou aos clientes a possibilidade de escolherem o navegador no Windows 7 Service Pack 1, entre maio de 2011 e julho de 2012, o que empresa norte-americana reconheceu.

No comunicado em que anuncia a decisão, Bruxelas afirma que a Microsoft não cumpriu os compromissos assumidos com as instituições europeias em 2009, no quais se comprometeu a disponibilizar no seu sistema operativo um ecrã que permitisse escolher um navegador de internet diferente do seu (Internet Explorer) até 2014.