Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Brasil: Preocupação com inflação dita subida da taxa de juro para 8% - Analistas

Lusa

  • 333

Brasília, 30 mai (Lusa) - A subida da taxa de juro no Brasil para 8% mostra que o banco central está mais empenhado em controlar a inflação do que em relançar a economia, consideram os analistas ouvidos pelas agências de notícias internacionais.

A decisão de subir a taxa de juro de referência em meio ponto percentual, para os 8%, foi tomada na quarta-feira por unanimidade no Banco Central do Brasil, o que conferiu credibilidade à decisão da equipa liderada por Alexandre Tombini, consideram os analistas ouvidos pelas agências internacionais, que sublinham também a "coragem" e a "surpresa" sobre a decisão de aumentar novamente as taxas de juro, desta feita em 0,5 pontos.

A subida segue-se aos outros aumentos, feitos em março e abril, de 0,25 pontos percentuais por mês, e surge num contexto de aumento da inflação para 6,49% em abril, mesmo no limite da média definida pelo banco central, entre 2,5 e 6,5%.