Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Brasil pede mecanismos de controlo cambial aperfeiçoados à Organização Mundial do Comércio

Lusa

  • 333

Rio de Janeiro, Brasil, 05 nov (Lusa) - O Brasil apresentou hoje aos países membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) um documento no qual afirma que os mecanismos de controlo dos efeitos cambiais no comércio são insuficientes e precisam de ser aperfeiçoados.

"Os dispositivos atuais são insuficientes, tendo em vista a dimensão e o tipo de volatilidade que atinge as moedas no século XXI, e a OMC está desprovida de meios efetivos para fazer frente aos desafios impostos pelos impactos comerciais das assimetrias cambiais", de acordo com o comunicado do Governo brasileiro.

A afirmação, que integra uma análise detalhada sobre o sistema de regras da OMC, pretende contribuir para o debate sobre "as distorções" provocadas no comércio internacional pelos efeitos cambiais e como a OMC poderá agir para atenuar esse efeito.