Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Brasil: Justiça retifica certidão de óbito de jornalista morto durante ditadura militar

Lusa

  • 333

São Paulo, Brasil, 25 set (Lusa) - A Justiça de São Paulo determinou a retificação da certidão de óbito do jornalista Vladimir Herzog e a especificação de que a morte foi causada por "lesões e maus-tratos sofridos em dependência do Exército", durante a ditadura militar brasileira.

Até o momento, a certidão aponta suicídio como a causa da morte.

A alteração foi pedida pela Comissão Nacional da Verdade, que investiga os crimes cometidos pelo Estado brasileiro entre 1946 e 1988, período que inclui o regime militar (1964-1985).