Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Brasil: Justiça garante que estudantes guineenses irregulares não serão deportados

Lusa

  • 333

Rio de Janeiro, 19 jul (Lusa) - A Justiça Federal brasileira determinou hoje que os estudantes guineenses em situação irregular no Ceará não serão deportados, de acordo com a decisão proferida pela 3.ª Vara do Tribunal de Justiça daquele Estado.

Os alunos guineenses que se encontram em situação irregular chegaram ao Brasil por meio de programas de intercâmbio, com um visto temporário de estudante.

Devido a dificuldades financeiras, muitos deles não conseguiram renovar a matrícula na faculdade e, sem o comprovativo de vínculo estudantil, perderam o direito de renovar o visto.