Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Brasil: General Motors e sindicato chegam a acordo para adiar despedimentos

Lusa

  • 333

São Paulo, 05 ago (Lusa) -- O fabricante de automóveis norte-americano General Motors alcançou no sábado um acordo com o sindicato brasileiro que adia, pelo menos, até novembro, 1.840 despedimentos no Estado de São Paulo.

"Chegámos a um acordo para adiar o despedimento de 1.840 trabalhadores que deveria ocorrer nesta altura", afirmou um porta-voz do sindicato em declarações à agência AFP, depois de mais de nove horas de negociações com a General Motors e que contaram também com a participação de membros do Governo brasileiro.

O acordo prevê, no entanto, a colocação de 940 trabalhadores da fábrica de São José dos Campos em lay-off (suspensão temporária dos contratos de trabalho) até novembro, mas com direito a receberem o seu salário por inteiro e o lançamento de um novo programa de demissão voluntária.