Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Brasil: FMI e analistas de instituições financeiras reduzem expetativa de crescimento

Lusa

  • 333

São Paulo, Brasil, 16 jul (Lusa) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) e analistas de instituições financeiras baixaram hoje a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil neste ano, semanas depois do Banco Central ter feito o mesmo.

O FMI reviu a expetativa de 3,1 por cento para 2,5 por cento, de acordo com o relatório "Projeções para a Economia Mundial". No documento, a instituição justificou as revisões, que atingiram diversos países, com a fraqueza da recuperação global relativamente à crise económica.

A previsão de crescimento do FMI para 2013 foi aumentada em 0,5 ponto percentual, para 4,6 por cento, com base nas medidas de aceleração da economia, que estão a ser tomadas pelo governo.