Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bradley Wiggins admite não voltar a correr o Tour

Lusa

  • 333

Redação, 21 jun (Lusa) - O britânico Bradley Wiggins (Sky) admitiu hoje que poderá não voltar a disputar a Volta a França em bicicleta, por não se sentir pronto a repetir os sacrifícios que lhe valeram a vitória em 2012.

"Ganhar o Tour era o objetivo. Consegui. Para ser honesto, penso que não estou pronto para fazer os mesmos sacrifícios do ano passado, com a minha família e tudo o que se seguiu", afirmou Wiggins, de 33 anos, em entrevista ao jornal britânico Guardian.

Campeão olímpico de contrarrelógio, Wiggins não voltou a correr desde que abandonou a Volta a Itália, a 17 de maio, e renunciou à defesa do título na Volta a França, que começa a 29 de junho. Hoje, a equipa Sky anunciou que o britânico regressa á competição na Volta à Polónia (27 de julho a 03 de agosto) e fará a Volta á Grã-Bretanha (15 a 22 de setembro), antes dos campeonatos do Mundo, em finais de Setembro, em Florença, onde visa o título de contrarrelógio.