Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bradley Manning culpado de violar Lei de Espionagem, mas não de "conluio com o inimigo"

Lusa

  • 333

Fort Meade, Estados Unidos, 30 jul (Lusa) -- Bradley Manning, o soldado norte-americano acusado de transmitir vários milhares de documentos secretos ao portal WikiLeaks, foi considerado culpado pela justiça militar de violar a Lei de Espionagem, mas não de "conluio com o inimigo".

Manning, de 25 anos, foi considerado culpado de violar a Lei de Espionagem, criada em 1917 para julgar espiões e traidores, por ter transmitido dados relativos às guerras do Iraque e do Afeganistão e milhares de documentos diplomáticos norte-americanos.

A sentença será conhecida nos próximos dias.