Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BPN/Inquérito: Estado responsável por desnorte estratégico e perda de valor do banco - proposta de conclusões

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 out (Lusa) - A proposta de conclusões da comissão de inquérito sobre o Banco Português de Negócios (BPN) diz que o Estado, durante a fase de nacionalização, foi responsável por "desnorte estratégico" e pela perda de valor do banco.

Esta crítica, referente ao período em que o banco esteve nacionalizado (entre janeiro de 2008 e início de 2012) e que atinge o último Governo PS, consta da proposta de relatório de conclusões da comissão de inquérito sobre a nacionalização e reprivatização do BPN, que é da autoria do deputado social-democrata Duarte Pacheco.

Na proposta de relatório, à qual à agência Lusa teve acesso, critica-se também o Banco de Portugal, por ter permitido que o BPN se mantivesse em atividade com capitais próprios negativos ao longo de mais de três anos, mas é o Governo socialista de José Sócrates o mais visado.