Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Boston/Atentado: FBI entrevistou em 2011 um dos suspeitos por ligações extremistas

Lusa

  • 333

Washington, 20 abr (Lusa) - O FBI entrevistou em 2011 Tamerlan Tsarnaev, um dos suspeitos dos atentados em Boston e que morreu depois de um tiroteio com a polícia, a pedido de um Governo estrangeiro para descobrir se tinha ligações com grupos extremistas.

De acordo com relatos das cadeias de televisão norte-americanas CBS e CNN, nessa entrevista, realizada a pedido de um Governo estrangeiro, o FBI não encontrou nada de incriminatório contra Tamerlan Tsarnaev.

O pedido foi baseado em informações de que Tamerlan "era um seguidor do islamismo radical e um forte crente", de acordo com o FBI, que observou também que o jovem "tinha mudado drasticamente desde 2010" e se preparava para deixar os Estados Unidos e "unir-se a grupos clandestinos não especificados".