Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bolsas em queda com demissão de Monti, Milão afunda quase 4%

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 dez (Lusa) -- A bolsa de Milão segue a cair perto de 4%, arrastando as restantes praças europeias para terreno negativo, com os mercados a reagirem à demissão do primeiro-ministro italiano, Mário Monti.

Pelas 12:25, o índice de referência italiano, o FTSE MIB, seguia a afundar 3,59%, para 1.5136,23 pontos.

O Eurostoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, seguia a negociar negativo, depois de ter negociado na sexta-feira em máximos de 18 meses, desvalorizando 1,03% para 2.574,47 pontos.