Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bolsa e emitentes contra introdução do imposto sobre transações financeiras

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jul (Lusa) - A associação que representa as empresas cotadas e a NYSE Euronext Lisboa entregaram ao Governo, no final da semana passada, a sua posição comum contra a introdução em Portugal de um imposto sobre transações financeiras (ITF).

"A posição apresentada ao Ministério das Finanças, detalha e desenvolve a discordância da AEM [Associação de Empresas Emitentes de Valores Cotados em Mercado] e da bolsa portuguesa quanto à iniciativa da Comissão Europeia de criação de um ITF, que se encontra agora em fase de negociação no contexto de um mecanismo de cooperação reforçada que abrange onze países (incluindo Portugal)", lê-se num comunicado hoje divulgado pela AEM.

No entender da bolsa portuguesa e da AEM, a proposta da Comissão Europeia, "não só não cumpre os objetivos a que se propõe, como terá impactos económicos e financeiros potencialmente muito negativos e graves, sobretudo em economias e mercados de menor dimensão, como é o caso de Portugal".