Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bolivia tem 400.000 cegos, maioria por falta de assistência médica, diz fundação

Lusa

  • 333

La Paz, 29 jun (Lusa) - Na Bolivia, com uma população de 10 milhões de habitantes, existem cerca de 400.000 pessoas cegas ou quase e 80% dos casos poderiam ter sido evitados se fossem tratados a tempo, anunciou hoje a fundação espanhola Ojos del Mundo.

O acesso a informação sobre os cuidados a ter com a vista, a consultas de oftalmologia ou a cirugia são as medidas que podem impedir a tempo a perda de visão num país que só tem 350 oftalmologistas, explicou à agência Efe a cordenadora geral da Fundación Ojos del Mundo no país andino, Patricia Tárraga.

Os dados sobre pessoas cegas ou com visão quase nula são da Sociedade Boliviana de Oftalmología embora o sistema público apenas reconheça a existencia de 5.000 casos, disse Patricia Tárraga lembrando que a Bolivia não tem um plano de saude ocular.