Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Boavista exige ser compensado pela FPF "na área desportiva e na área patrimonial" -- João Loureiro

Lusa

  • 333

Porto, 22 fev (Lusa) - O Boavista exige ser compensado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) "na área desportiva e na área patrimonial", devido aos "erros" de que foi vítima, anunciou hoje o presidente do clube, João Loureiro.

"Agora vamos ver se voluntariamente há essa vontade. Se houver, todos ficam a ganhar: a Federação, porque corrige um gravíssimo erro que cometeu contra uma instituição centenária, e nós, porque podemos ter um outro horizonte, sendo certo que sofremos muito neste período", referiu o líder boavisteiro.

João Loureiro falava num encontro com a comunicação social, no Estádio do Bessa, no Porto, em que reagiu à decisão do Conselho de Justiça (CJ) da FPF de dar provimento a dois recursos do Boavista, concordando assim que o procedimento disciplinar que ditou a descida de divisão do clube, em 2008, tinha afinal prescrito.