Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Birmânia: Uma dezena de funcionários da ONU e dos Médicos sem Fronteiras detidos no oeste

Lusa

  • 333

Banguecoque, 06 jul (Lusa) -- Uma dezena de funcionários da ONU e dos Médicos sem Fronteiras estão detidos no oeste da Birmânia, afetado por confrontos entre budistas e muçulmanos, informaram hoje as duas organizações.

"Atualmente cerca de 10 funcionários da ONU e de organizações internacionais foram detidos pelas autoridades do Estado de Rakhine para interrogatório", refere em comunicado o Gabinete de Coordenação dos Assuntos Humanitários da ONU.

A ONU já pediu "informações" ao Governo birmanês e aguarda uma resposta.