Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Birmânia: Parlamento forçou a demissão dos juízes do Tribunal Constitucional

Lusa

  • 333

Banguecoque, 07 set (Lusa) -- Os nove juízes do Tribunal Constitucional da Birmânia apresentaram a demissão em bloco depois de o parlamento ter votado a favor da abertura de um processo de impugnação contra os mesmos, informou hoje a imprensa local.

A presidência da Birmânia anunciou esta noite, através da televisão estatal, que aceitou a demissão dos nove magistrados, responsáveis por interpretar a controversa Constituição de 2008 e de validar as novas leis aprovadas pelo parlamento.

O parlamento votou a favor da impugnação dos juízes em resposta a uma ordem emitida em fevereiro pelo Tribunal, a pedido do Governo, para limitar a capacidade das comissões e comités parlamentares para chamar os ministros a depor.