Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Birmânia: Formada comissão para investigar causas de recente violência sectária

Lusa

  • 333

Rangum, 18 ago (Lusa) -- O Governo da Birmânia constituiu uma comissão para investigar as causas da recente onda de violência sectária que resultou na morte de pelo menos 83 pessoas.

A comissão foi anunciada, esta sexta-feira, na página eletrónica do Presidente, Thein Sein, mais de dois meses depois dos confrontos entre budistas e muçulmanos que provocou dezenas de milhares de deslocados.

Thein Sein rejeitou os apelos das Nações Unidas e organizações de defesa dos direitos humanos para que esse processo fosse conduzido por investigadores independentes, argumentando que a agitação se trata de um assunto interno.