Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BIC fica com 1.100 trabalhadores do ex-BPN

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 dez (Lusa) - O BIC vai ficar com 1.100 ex-trabalhadores do BPN, enquanto os restantes 100 sairão da instituição por extinção do posto de trabalho, de acordo com os números finais deste processo divulgados num comunicado a que a Lusa teve acesso.

O número decidido pelos acionistas e pelo Conselho de Administração do BIC fica acima do acordo feito com o Estado em março, aquando da compra do BPN por 40 milhões de euros. No contrato então assinado, o banco de capitais luso-angolanos comprometeu-se a ficar no mínimo com 750 trabalhadores dos cerca dos 1.200 que herdou do BPN e a manter pelo menos 160 dos 220 balcões e centros de empresa.

Na nota de imprensa agora conhecida, é dito que "será possível garantir e confirmar a manutenção de mais de 200 unidades comerciais e de 1.100 postos de trabalho". Decisão final que a liderança do BIC atribui aos esforços feitos na "melhoria do desempenho das redes comerciais" assim como ao "empenhamento dos colaboradores e à confiança dos clientes e depositantes".