Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bertrand prepara resposta sobre campanha livreira à Inspeção-Geral das Atividades Culturais

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 nov (Lusa) - A Livraria Bertrand, em comunicado enviado à agência Lusa, afirma que ainda não foi notificada de qualquer decisão da Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC), no âmbito de procedimento aberto por suposta violação da lei do preço fixo do livro.

A IGAC reconheceu a "pertinência" da queixa apresentada por um grupo de livreiros independentes, contra as redes livreiras FNAC e Bertrand, por suposta violação da lei do preço fixo do livro, e, na resposta à queixa apresentada, revelada hoje pelos livreiros independentes, indica ter aberto um "procedimento em conformidade".

A Bertrand esclarece que "o que a IGAC fez foi dar início a um procedimento com base na referida queixa, tendo a Livraria Bertrand sido notificada para se pronunciar sobre a matéria, como é, aliás, imperativo legal em qualquer procedimento desta natureza".