Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Berlusconi garante que Milan voltará a abandonar relvado se for alvo de insultos racistas

Lusa

  • 333

Milão, Itália, 04 jan (Lusa) -- O proprietário do AC Milan, Silvio Berlusconi, garantiu hoje que a sua equipa voltará a abandonar uma partida antes do final se os seus futebolistas forem novamente alvo de insultos racistas.

Berlusconi, ex-primeiro-ministro italiano e presidente do Milan, comentava a decisão adotada na quinta-feira pela sua equipa de abandonar um jogo particular em protesto contra insultos racistas dirigidos pelos adeptos do Pra Patria, da quarta divisão italiana, a alguns dos seus jogadores.

O encontro, que se disputava na localidade de Busto Arsizio, província de Varese (Lombardia), foi suspenso aos 26 minutos da primeira parte, depois do capitão do Milan, Massimiliano Allegri, ter ordenado aos seus companheiros que abandonassem o relvado, na sequência de insultos racistas dirigidos ao avançado ganês nascido na Alemanha Kevin-Prince Boateng.