Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Benfica/Eleições: Rui Rangel que reforçar em janeiro equipa "enfraquecida" em 70 por cento

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 out (Lusa) -- Rui Rangel, candidato à presidência do Benfica, revelou que fará contratações em janeiro, caso seja eleito, considerando que o futebol "encarnado" ficou enfraquecido em mais de 70 por cento com as saídas de Javi Garcia e Witsel.

"A venda de um dia para o outro do Javi e do Witsel representa 70 a 80 por cento do futebol do Benfica. Evidentemente que se tornou mais frágil, menos dinâmico, ficou com uma estrutura muito mais fraca e assim é difícil o Benfica ser campeão", começou por dizer Rui Rangel em entrevista à agência Lusa.

O juiz, que concorre na sexta-feira às eleições em oposição ao presidente em exercício, Luís Filipe Vieira, considerou faltar estratégia ao atual líder "encarnado" e não evitou fazer uma comparação com a gestão de Pinto da Costa.