Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Benelux recusa reconhecer estatuto de marca registada à palavra "Alá"

Lusa

  • 333

Haia, 07 jan (Lusa) - O Gabinete da Propriedade Intelectual no Benelux (Bélgica, Luxemburgo e Holanda) rejeitou o pedido de um artista holandês para que o termo "Allah" (Alá) fosse reconhecido como "marca registada", anunciou o gabinete numa decisão provisória publicada hoje.

O pedido de registo da marca "Allah", com caligrafia de estilo a sugerir o gótico, foi apresentado em 29 de dezembro por Teun Castelein, que disse hoje não ter ainda recebido do gabinete de propriedade intelectual, sediado em Haia, qualquer justificação para a recusa do pedido.

"Enquanto artista, procuro permanentemente explorar os limites do mercado livre", afirmou Castelein, citado pela agência France Presse.