Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bebé registado no Líbano pela primeira vez sem menção de religião

Lusa

  • 333

Beirute, 27 out (Lusa) - Um bebé foi registado no Líbano sem que no registo civil conste a sua religião, facto inédito no país, anunciou hoje o pai de Ghadi Darwich, que considerou o filho "o primeiro bebé nascido livre no Líbano".

Ghadi Darwich nasceu em 30 de setembro da união civil entre Nidal Darwich, xiita, e Yulud Sukarie, sunita, que em abril foi notícia nos media libaneses por ter sido o primeiro matrimónio civil realizado no Líbano, para além de transpor a tradicional barreira de hostilidade entre as comunidades xiitas e sunitas.

Até agora os libaneses que pretendessem contrair matrimónio exclusivamente civil teriam de o fazer no estrangeiro e depois fazer o reconhecimento pelas autoridades do país.