Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BdP recebe "número significativo" de reclamações sobre resgate de PPR para pagar crédito

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 fev (Lusa) - O Banco de Portugal tem recebido um "número significativo" de reclamações de clientes que se queixam da atuação dos bancos no resgate dos PPR para pagamento do crédito à habitação, confirmou o regulador num documento enviado ao Parlamento.

O Bloco de Esquerda questionou o Banco de Portugal (BdP) sobre queixas de clientes que referem que o BES não está a aplicar a legislação que entrou em vigor a 01 de janeiro e que permite aos clientes bancários resgatarem os Planos de Poupança Reforma (PPR) e PPR Educação (PPRE) para pagarem as prestações de crédito para compra de casa, sem penalizações e perda de benefícios fiscais.

Em resposta, a entidade liderada por Carlos Costa referiu que, desde a entrada em vigor da legislação, tem recebido "um número significativo de reclamações sobre a atuação de várias instituições de crédito" e que a principal queixa se relaciona com a emissão da declaração pelo banco. Este documento dá conta dá conta das prestações que o cliente tem vencidas e a vencer para que este possa pedir o resgate do plano de poupança.