Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BCP deverá conseguir a saída de cerca 600 trabalhadores com rescisões amigáveis -- sindicato

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 nov (Lusa) -- O BCP deverá conseguir a saída de cerca de 600 trabalhadores com o processo de rescisões amigáveis em curso, disse à Lusa um dirigente do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI).

"Penso que vão conseguir atingir os objetivos a que se propuseram, cerca de 600", disse à Lusa, Paulo Alexandre, dirigente sindical do sindicato mais representativo dos bancários, que se reuniu esta semana com os responsáveis do BCP por este processo.

Além dos cerca de 600 trabalhadores que deverão abandonar o banco em rescisões amigáveis, deverão somar-se mais algumas dezenas através de reformas antecipadas, acrescentou.