Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Basílica de Santo Agostinho, na Argélia, reabriu ao público após obras de restauro

Lusa

  • 333

Annaba, 19 out (Lusa) - A Basílica de Santo Agostinho, em Annaba, antiga cidade de Hipona, no oeste da Argélia, reabriu hoje ao público na presença de responsáveis argelinos e franceses, após obras de restauro que demoraram dois anos e custaram cinco milhões de euros.

Os trabalhos de restauro devolveram "o brilho" à Basílica, congratulou-se o bispo Paul Defarges, na presença do presidente do Senado arglino, Abdelkader Bensalah, em representação do presidente Abdelaziz Bouteflika.

O edifício é "um símbolo da ligação entre as religiões", disse o bispo, para quem a basílica deve permanecer "ao serviço do diálogo entre as duas margens do Mediterrâneo".