Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bar da Figueira da Foz manteve identidade de livraria centenária

Lusa

  • 333

Figueira da Foz, 16 jul (Lusa) - A Casa Havanesa, centenária livraria da Figueira da Foz, fundada em 1885, é hoje um bar, cujos proprietários mantiveram a traça original do edifício e promovem a troca de livros, tertúlias e outras manifestações culturais.

Localizada desde a década de 1920 em pleno Picadeiro, no chamado Bairro Novo, perto do Casino - depois de ter sido inaugurada na baixa da cidade - a livraria, tabacaria e casa de artigos fotográficos ali funcionou até 2006, pela mão da família Santos Alves, alvo, na altura, de uma homenagem por parte da autarquia, com base num acervo documental que inclui mais de 18.000 imagens da Figueira da Foz.

"Sinceramente, custou-me um bocado ver desaparecer a livraria Havanesa. Mas, do mal, o menos, deixou o nome, mantiveram toda a fachada e tentam manter o espírito", disse à agência Lusa José Santos Silva, técnico do departamento de Cultura da Câmara Municipal, aludindo à nova função da antiga livraria.