Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banif avança com ação de responsabilidade civil contra ex-diretores no Brasil

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 mai (Lusa) - O Banco Internacional do Funchal (Banif) abriu uma ação de responsabilidade civil contra os ex-diretores da sua subsidiária Banif Brasil, depois de ter registado imparidades de 171 milhões de euros resultantes de "indícios de irregularidades", revelou hoje o banco.

"A administração do Grupo Banif ao inciar funções em março de 2012 diagnosticou, no Banco Comercial Brasil [a sua subsidiária brasileira], uma situação económica financeira frágil e indícios de irregularidades", lê-se no comunicado enviado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Conforme relata o banco liderado por Jorge Tomé, na altura, foi nomeada "uma nova diretoria executiva, que estabilizou a situação do banco, regularizou operações, procedeu ao levantamento detalhado das anteriores práticas de gestão, condições e registo das operações passadas, tendo também determinado a concomitante realização de auditorias e providências interruptivas da prescrição de responsabilidades".