Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banco Mundial: Remessas de emigrantes devem aumentar 12,1% em 2011

Lusa

  • 333

Washington, 10 jul (Lusa) - As transferências monetárias dos emigrantes para os países de origem têm resistido melhor do que o previsto à crise e deverão ascender aos 372.000 milhões de dólares em 2011, considerou hoje o Banco Mundial (BM).

Num relatório hoje divulgado, o BM estima que este valor, 372.000 milhões de dólares (303.665 milhões de euros), corresponde a um aumento anual de 12,1 por cento.

"Durante a crise, as transferências de dinheiro continuaram a alimentar um fluxo regular de divisas estrangeiras para os países de origem, numa altura em que a ajuda internacional e o investimento direto estrangeiro estão claramente a flutuar", escrevem os autores do relatório do BM hoje divulgado.