Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banco Mundial 'dá' 400 milhões a Angola para ampliar central hidroelétrica de Cambambe

Lusa

  • 333

Luanda, 15 jul (Lusa) - A Agência Multilateral de Garantia ao Investimento (MIGA) do Banco Mundial, que fornece seguros de crédito, vai caucionar quase 400 milhões de euros para ajudar Angola a expandir a central hidroelétrica de Cambambe, aumentando em 30% a produção elétrica.

De acordo com uma nota publicado no site do Banco Mundial, o objetivo da iniciativa é "ajudar Angola a lidar com o seu severo défice energético" através da emissão de seguros de cobertura em caso de incumprimento, por 13 anos, das obrigações financeiras soberanas, no valor de 392,5 milhões de euros.

Os bancos HSBC, Société Générale e o alemão BHF-Bank Aktiengesellschaft disponibilizam 300 milhões de dólares em financiamento de dívida ao governo angolano para a central de Cambambe, uma das duas centrais hidroelétricas que operam no rio Kwanza.