Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banca: Recurso ao Estado "não é confortável", mas é necessário -- presidente do BCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jun (Lusa) -- O presidente do BCP disse hoje, no final da assembleia-geral do banco, que o recurso a um 'empréstimo' do Estado para recapitalizar o banco não é "confortável", mas que é essencial para o cumprimento das exigências dos reguladores.

O recurso ao Estado "nunca é confortável, mas é o melhor no atual enquadramento", disse hoje Nuno Amado, à saída da assembleia-geral extraordinária em que os acionistas aprovaram o recurso a um 'empréstimo' de três mil milhões de euros ao Estado com o objetivo de reforçar capitais próprios.

A aprovação do plano de recapitalização na reunião magna "foi um passo importante no processo de recapitalização do BCP, essencial para o banco cumprir com excesso os rácios de capital" exigidos, acrescentou Nuno Amado.