Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banca: Presidente do Barclays vai abandonar o cargo na sequência de escândalo das taxas de juro - BBC

Lusa

  • 333

Londres, 01 jul (Lusa) -- O presidente do Barclays Bank, Marcus Angius, vai abandonar o cargo, depois de a instituição bancária ter sido multada por manipulação da taxa de empréstimo interbancário, noticiou hoje a BBC.

Angius, o presidente ("chairman") do banco britânico, vai comunicar na segunda-feira que abandona o cargo, depois das notícias divulgadas desde quarta-feira passada, que envolvem o Barclays num processo de manipulação de taxas de juro Libor e Euribor, de acordo com a estação pública de televisão do Reino Unido e o diário The Guardian, citados pelas agências AFP e AP.

O Governo britânico, através do secretário das Finanças, Vince Cable, tinha requerido uma investigação criminal aos banqueiros envolvidos no escândalo, que custou ao banco uma multa de 290 milhões de libras (cerca de 362 milhões de euros), entre os quais se destaca o presidente executivo, Bob Diamond.