Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banca portuguesa pouco envolvida em contratos de cobertura de risco com Estado - Faria de Oliveira

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 abr (Lusa) - O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB) disse hoje que a banca portuguesa está "muito pouco envolvida" nos contratos de cobertura de risco com o Estado e que estes contratos devem ser avaliados caso a caso.

"Tem de ser avaliado por cada empresa e por cada instituição bancária a oportunidade e o nível de cobertura que se pretende fazer. Isso depende muito das conjunturas e da avaliação que se vai fazendo sobre o que é mais provável que venha a acontecer", disse hoje Faria de Oliveira aos jornalistas, à margem da audição na Comissão parlamentar de Orçamento e Finanças.

Referindo sempre que não pode dizer "neste momento mais nada sobre esta matéria", o líder da associação que junta os principais bancos a operar em Portugal acrescentou apenas que a "banca nacional está muito pouco envolvida" nas operações que estão a ser investigadas.