Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banca: Estado vai ter dois administradores não executivos no BCP e um no BPI

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 ago (Lusa) -- O Estado vai nomear um administrador para o BPI e dois para o BCP, que neste banco terão mesmo assento no conselho de administração, de acordo com as respostas enviadas aos deputados pelas Finanças, a que a Lusa teve acesso.

Tendo em conta o recurso do BPI e do BCP ao fundo público de recapitalização, o Estado ficou com direito de nomear membros não executivos para os órgãos de administração dos bancos e/ou órgãos de fiscalização enquanto durar o investimento público.

No BPI, o Estado "decidiu designar um membro do conselho fiscal", disse o Ministério das Finanças em resposta a perguntas dos deputados. Esse responsável terá ainda assento nas comissões de auditoria, gestão de risco e remuneração, entre outras.