Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banca espanhola enfrenta pressões para cumprir rácios de capital - FMI

Lusa

  • 333

Washington, 15 jul (Lusa) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou hoje que os bancos espanhóis enfrentam pressões para cumprir os rácios de capital, o que acelera ainda mais a contração do crédito, prejudicando a recuperação económica de Espanha.

No terceiro relatório trimestral sobre a reforma do setor financeiro de Espanha, hoje divulgado, o FMI afirma que, "com a incerteza macroeconómica ainda elevada, permanecem os riscos de que os bancos enfrentem pressões para cumprir os rácios de capital, acelerando ainda mais a contração do crédito, o que tem efeitos adversos na economia".

Por isso, escreve ainda o Fundo, "as ações de supervisão para reforçar a solvência [da banca] e reduzir estes riscos devem dar prioridade a medidas que aumentem o capital nominal [dos bancos espanhóis] em vez das que reduzem a concessão de crédito".