Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banca com menos 340 trabalhadores no 1.º trimestre e a acelerar saídas

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 mai (Lusa) -- Os principais bancos reduziram em cerca de 340 o número de trabalhadores no primeiro trimestre, mas os cortes vão acelerar ao longo do ano, justificados com a queda do negócio e as imposições de Bruxelas.

O BCP, que terminou 2012 com menos 977 trabalhadores em Portugal (dos quais 626 através do programa de rescisões amigáveis), deverá reduzir este ano o número de trabalhadores em cerca de 250.

No primeiro trimestre, período que o banco liderado por Nuno Amado fechou com 152 milhões de euros de prejuízos, estes reduziram-se em 28 face ao final do ano.