Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ban Ki-moon condenou atentados na Síria e na Índia

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 22 fev (Lusa) -- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou os atentados ocorridos na quinta-feira em Damasco, na Síria, e em Hyderabad, na Índia, que causaram, pelo menos, 70 mortos no total.

Ban Ki-moon reafirmou a sua "forte convicção de que uma solução política é a única forma" de se resolver a crise na Síria e renovou o seu apelo a "todas as partes a colocarem fim à violência e a respeitarem as leis humanitárias internacionais", disse o seu porta-voz, Martin Nesirky.

Os 15 membros do Conselho de Segurança não conseguiram alcançar um acordo na noite de quinta-feira sobre o texto de uma declaração em reação ao atentado em Damasco, devido a divergências sobre as respetivas responsabilidades do regime e da oposição na violência na Síria, indicou um diplomata citado pela agência AFP.