Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Baloji pôs Sines a dançar e transpirar e ainda criticou o FMI

Lusa

  • 333

Sines, 20 jul (Lusa) -- O músico Baloji pôs o público do Festival de Músicas do Mundo a transpirar, numa dança frenética de ancas a abanar e pontapés no ar, ao mesmo tempo que criticava o Fundo Monetário Internacional (FMI).

No final do concerto desta madrugada, no Castelo do Sines, o congolês que vive na Bélgica desde pequeno trocou impressões com os jornalistas, ainda a suar em bica, sobre as situações em Portugal, Espanha, Grécia.

A memória de uma "declaração formidável" do ex-Presidente do Brasil Lula da Silva, que, durante uma visita a Portugal, aconselhou o Governo português a "não seguir o FMI", fá-lo acreditar que "as coisas estão a mudar".