Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Baixa natalidade combate-se com acesso gratuito ao pré-primário e facilidades laborais - Especialista

Lusa

  • 333

Redação, 12 nov (Lusa) -- O acesso gratuito ao ensino pré-primário e facilidades laborais para a maternidade são duas medidas políticas que combateriam a baixa taxa de natalidade em Portugal, defendeu hoje a diretora do serviço de Pediatria da Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa.

Entrevistada no âmbito do III Congresso Internacional da União das Sociedades Europeias da Neonatologia e Perinatologia, que arranca na quarta-feira, no Porto, a médica Teresa Tomé observou que os "fatores socioeconómicos estão a ser preponderantes" para a baixa taxa de natalidade, mas também "a nova realidade demográfica de acesso mais tardio da mulher ao mercado de trabalho".

As "medidas políticas têm de passar por acesso gratuito ao ensino pré-primário e facilidades laborais para a maternidade", argumentou a neonatologista da Maternidade Alfredo da Costa (MAC).