Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Baía do Tejo: É preciso repensar estratégia e apostar na atração de empresas - presidente

Lusa

  • 333

Barreiro, 11 dez (Lusa) - O presidente da Baía do Tejo, Jacinto Pereira, disse à Lusa que a empresa tem que repensar a sua estratégia e deixar de se basear em grandes projetos, explicando que o futuro passa por atrair empresas e criar emprego.

A empresa pública Baía do Tejo tem a sua cargo a gestão dos parques empresariais do Barreiro, do Seixal e de Estarreja, tendo também assumido o projeto Arco Ribeirinho Sul, que prevê a requalificação das antigas áreas industriais da Quimiparque, no Barreiro, da Siderurgia, no Seixal, e da Margueira, em Almada.

O Arco Ribeirinho Sul era gerido por uma sociedade com o mesmo nome, entretanto extinta.