Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bactéria que causa a Doença dos Legionários detetada em 20% de amostras de água - estudo

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 fev (Lusa) -- Vinte por cento das cerca de mil amostras de água provenientes de sistemas artificiais analisadas laboratorialmente revelaram a presença da bactéria Legionella, responsável pela Doença dos Legionários, segundo um estudo que recomenda programas de vigilância de pontos críticos.

O estudo sobre a "Prevalência de Legionella nos sistemas de água", publicado na última edição do Boletim Epidemiológico "Observações", do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), analisou 975 amostras provenientes de água para consumo humano (nomeadamente chuveiros), águas termais, águas industriais, de torres de refrigeração e de jacuzzi.

Das amostras analisadas entre janeiro de 2010 e junho do ano passado, 192 revelaram-se positivas para a Legionella, a bactéria responsável pela Doença dos Legionários, uma pneumonia grave, cuja infeção se transmite por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada.