Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aviação: Sindicato acusa TAP de reduzir tripulação mas companhia diz que são "situações excecionais"

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 jun (Lusa) - O Sindicato do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de pretender retirar um elemento da tripulação dos voos de médio curso, mas a companhia diz que são "situações excecionais", resultantes de "picos de absentismo".

"A TAP está a preparar-se para realizar todos os voos de médio curso apenas com a tripulação mínima de segurança e assim não há serviço ao passageiro, o que nos leva a questionar se a TAP se pretende transformar numa empresa 'low cost'", disse hoje à Lusa o diretor do SNPVAC, Ricardo Andrade, admitindo o recurso à greve.

Fonte oficial da TAP adiantou à Lusa que a realização de voos com a tripulação mínima "tem a ver com o pico de absentismo com que a companhia se confrontou", tratando-se de "situações excecionais".