Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aviação: Construtora brasileira Embraer desiste de produzir aviões de médio curso

Lusa

  • 333

Paris, 05 jun (Lusa) -- A construtora de aviões brasileira Embraer, que controla a empresa portuguesa OGMA, anunciou hoje que vai abandonar os planos para construir aviões de médio curso, para se concentrar na produção de aeronaves mais pequenas.

"Levámos a cabo estudos de mercado, falámos com muitos clientes, e não vemos qualquer justificação para os planos" de construção de aviões regionais, afirmou Paulo César Silva, que lidera a divisão de aviação comercial do grupo brasileiro.

O responsável da Embraer, citado pela agência noticiosa France Presse, frisou que a nova estratégia do grupo passa pela melhoria da oferta na gama de aviões mais pequenos, deixando assim os de médio curso que têm, normalmente, entre 130 e 160 lugares.