Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aveiro: Empresas de estiva não querem integrar comissão de gestão da ETP de Aveiro - administradora de insolvência

Lusa

  • 333

Aveiro, 4 set (Lusa) - As duas empresas de estiva que operam no porto de Aveiro não querem fazer parte da comissão de gestão da Empresa de Trabalho Portuário (ETP) de Aveiro, no âmbito da proposta do plano de insolvência que se encontra a votação.

A informação foi avançada pela administradora de insolvência da ETP de Aveiro Paula Mattamouros Resende, durante a assembleia de credores que decorreu hoje no tribunal de Aveiro e em que estiveram representados quase 98 por cento dos credores.

A proposta do plano de insolvência previa uma "gestão tripartida", dividida entre a administradora da insolvência, um elemento indicado pelo Sindicato dos Trabalhadores do Porto de Aveiro (STPA) e um elemento indicado pelas entidades patronais.