Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aveiro com 500 homens e dois meios aéreos para combate a incêndios florestais

Lusa

  • 333

Aveiro, 13 mai (Lusa) - O distrito de Aveiro vai contar este ano com cerca de 500 homens, 127 viaturas e dois meios aéreos para combater os fogos florestais na fase mais crítica, que decorre entre 01 de julho e 30 de setembro.

"Os meios são idênticos aos dos anos anteriores", disse o comandante operacional distrital (CODIS) de Aveiro, António Ribeiro, durante a apresentação do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais de 2013 para o distrito de Aveiro, que decorreu hoje.

Na fase Charlie, a mais crítica em termos de ocorrência de incêndios florestais, vão estar empenhados 514 operacionais, desde bombeiros a militares da GNR, a polícias e a elementos do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e do Agrupamento Complementar de Empresas para Proteção Contra Incêndios (AFOCELCA).