Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Avastin: Novartis em tribunal contra Ordem dos Médicos, bastonário diz que está a defender os doentes

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 set (Lusa) -- A farmacêutica Novartis interpôs uma ação em tribunal contra a decisão da Ordem dos Médicos de considerar o medicamento Avastin como indicado para doenças oculares, mas o bastonário diz estar "tranquilo" por "defender o interesse público e dos doentes".

Segundo a ação, a que a agência Lusa teve acesso, a Novartis alega que o único medicamento indicado para o tratamento da degenerescência macular da idade (DMI) é o seu fármaco Lucentis, acrescentando que o Avastin (da Roche) não foi submetido às autoridades para semelhante indicação terapêutica.

Além disso, a farmacêutica argumenta que há várias "posições adotadas pela comunidade científica contra o uso do Avastin na DMI", considerando "intolerável" que a Ordem dos Médicos assumo este fármaco como normal alternativa terapêutica.