Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autoridades russas acusam antiga representante do BERD de pedir suborno

Lusa

  • 333

Moscovo, 15 jan (Lusa) - As autoridades russas anunciaram hoje a acusação formal de Yelena Kotova, antiga representante do país no Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento (BERD), por esta solicitar um suborno para a instituição conceder um empréstimo a uma empresa canadiana.

O Ministério do Interior disse que Kotova e Igor Lebedev, gestor de um dos maiores bancos russos, tentaram obter luvas de 1,4 milhões de dólares (cerca de 1 milhão de euros) para autorizarem um crédito do BERD a uma empresa energética canadiana, segundo relatou hoje a agência Bloomberg.

"Durante a investigação, acumulámos provas suficientes para acusar Kotova e Lebedev", afirmou um porta-voz do Ministério do Interior, citado pela agência de informação financeira, acrescentando que "a investigação criminal está prestes a entrar na sua fase final".