Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autoridades não puseram entraves à marcha na ponte do Porto - CGTP

Lusa

  • 333

Porto, 17 out (Lusa) -- A União dos Sindicatos do Porto (USP) revelou hoje que as autoridades não colocaram entraves à passagem a pé, na ponte do Infante, dos "20 a 30 mil" manifestantes esperados na cidade no protesto da CGTP marcado para sábado.

"Não houve nenhum obstáculo a esta manifestação por ser em cima de uma ponte. Tivemos todo o apoio da polícia [na organização]", assegurou João Torres, da direção da União dos Sindicatos do Porto, em conferência de imprensa.

Convicto de que o número de manifestantes "não será inferior a 20 ou 30 mil pessoas", o responsável comentava assim as questões de segurança levantadas em Lisboa sobre a marcha na ponte 25 de Abril, que levaram na quarta-feira a CGTP a substituir a iniciativa por um protesto "sonoro" e uma concentração em Alcântara.