Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Autoridades judiciais da Honduras mandar prender três polícias

Lusa

  • 333

Tegucigalpa, Honduras, 03 out (Lusa) -- As autoridades judiciais das Honduras ordenaram a detenção de três polícias alegadamente implicados no homicídio do filho do embaixador do país na Organização de Estados Americanos, revelou o porta-voz do tribunal.

A justiça hondurenha emitiu a ordem de captura após o pedido apresentado pelo Ministério Público que atribui aos agentes Elvin Flores, Marvin Ferrera e José Ávila a responsabilidade da morte de Carlos Alejandro Sosa Chávez, filho do embaixador hondurenho na OEA.

Os polícias agora acusados integram, segundo a investigação, um grupo criminoso que se dedica a extorsões e atuam como assassinos.